Um homem foi filmado estuprando e matando uma mulher, em Nerópolis, na Região Metropolitana de Goiânia, e ao ser preso na quarta-feira, 20, na região central de Goiânia, confessou à polícia a ação criminosa e disse que estava “a fim de fazer maldade”. Ele afirmou à Polícia Militar no momento de sua prisão que teria contratado a vítima para fazer um programa, mas na realidade tinha a intenção de matá-la.

"Eu combinei com ela pra gente fazer um programa, entendeu? Mas eu não estava a fim de fazer programa, eu estava a fim de fazer maldade com ela mesmo", disse o suspeito, confessando que a matou por meio de esganamento e pedradas.

O texto da publicação continua após a publicidade

Ao ser preso, ele justificou à polícia que “havia ocorrido um desacordo comercial entre ele e a vítima”. Por isso, ele teria decidido cometer o crime. Aos militares, o suspeito afirmou que a mulher teria lhe roubado certa quantia em dinheiro, no dia anterior ao crime.

 

⇒ Assista, de segunda a sexta, às 10h00, Jornal Meganésia, AO VIVO, pela TV Meganésia (tvmeganesia.com.br)