No início da noite deste domingo, 24, o corpo de um homem foi encontrado em uma fazenda nas proximidades do trevo que dá acesso à Niquelândia, pela BR-080, município de Vila Propício. Policiais militares estiveram no local e constataram a veracidade dos fatos, após serem acionados pela moradora da fazenda.

O corpo da vítima, estava a cerca de 400 metros da residência. A mulher, ao começar a sentir um odor forte, iniciou buscas, se deparando com um corpo humano em avançado estado de decomposição. Com a chegada da Polícia Militar, a Polícia Científica foi acionada e realizou perícia no local. Tudo leva a crer que a pessoa tenha sofrido morte natural, uma vez que não foram encontrados sinais de violência.

O texto da publicação continua após a publicidade

As investigações continuam no sentido de identificar a vítima, porém, a primeira hipótese é que o corpo seja de Paulo Rogério de Melo Sousa, de 40 anos, morador de Goianésia, que se encontra desaparecido há nove dias. Ele estava em uma casa de recuperação, na região onde o corpo foi encontrado, e teria fugido do ambiente sem deixar pistas.

Desde seu sumiço, no sábado, 16, familiares e amigos estavam em sua procura. Nesta semana, inclusive, o Corpo de Bombeiros, com cães farejadores, ajudou nas buscas, mas sem sucesso, até porque havia informações que ele tinha sido visto em Barro Alto e até mesmo na região oeste de Goianésia. Todos os lugares informados por possíveis testemunhas foram averiguados, mas nada de concreto.

Após o encerramento da perícia, o corpo da vítima foi entregue ao Instituto Médico Legal (IML) para realização de exames cadavéricos, bem como sua identificação, e posterior liberação aos familiares.