Até o mesmo o governador Ronaldo Caiado (DEM) reagiu a notícia de que um deputado queria que Montes Claros (MG) virasse a "capital nacional do pequi". "A gente morre e não vê de tudo, não é, minha gente?", escreveu o goiano em suas redes sociais. "Tem base uma coisa dessas?"

Segundo o governador, todos sabem que o fruto também faz sucesso por lá, "que tem até a tradicional Festa do Pequi, mas reivindicar a capital da iguaria, é demais, mexe com o brio dos goianos".

"Já vamos fazer um acordo aqui, a gente deixa o 'trem' e o pão de queijo pra vocês, mineiros, e em troca ninguém mexe no nosso pequi. Combinado?", brincou.

Projeto
O deputado federal Marcelo Freitas (PSL-MG) apresentou projeto de lei que propõe tornar o município de Montes Claros, na região norte de Minas Gerais, a “capital nacional do pequi”. No projeto, protocolado na última quinta-feira, o deputado chama o pequi de “Ouro do Serrado” (com a letra “s” mesmo).

“A cidade de Montes Claros está localizada na região norte do Estado de Minas Gerais e […] Bares e restaurantes de Montes Claros elaboram pratos com ingredientes típicos do cerrado, tendo como carro chefe o tradicional pequi, valorizando a culinária local”, diz o deputado na justificativa do projeto.

O município mineiro sedia todo ano a Festa Nacional do Pequi, que em 2021 chegará à sua 30ª edição. Marcelo Freitas afirma que o pequi está presente na identidade gastronômica de Montes Claros, além de gerar empregos, renda e atrair turistas.