Imagens: ASCOM/GoianésiaDesde que o último decreto municipal entrou em vigor no dia 19 de Fevereiro, a Prefeitura de Goianésia aumentou a fiscalização em toda cidade, vistoriando igrejas, restaurantes e bares. O objetivo é fiscalizar o cumprimento das novas determinações, que, embora mais rígidas, visam evitar medidas drásticas como um lockdown.

A situação na cidade é considerada estável, se levada em consideração o estado de municípios vizinhos, que enfrentam a falta de leitos e o colapso do sistema de saúde, seja ele, público ou municipal. As medidas aplicadas no município foram discutidas em conjunto, por meio do comitê de crise voltado para discutir assuntos ligados à pandemia.

Imagens: ASCOM/GoianésiaEntre as medidas publicadas no novo decreto estão: A suspenção da entrada de pessoas em; Academias de ginástica, atividades religiosas, restaurantes, bares e botecos, quando estes atingirem a lotação de 50% das suas respectivas capacidades.

Eventos sociais e coletivos, além de cinemas, festas de aniversário e casamento deverão ser observados os protocolos de segurança, devendo suspender a entrada de pessoas quando o local atingir 50% da capacidade, cujo público limite é de 150 pessoas.

Atividades econômicas destinadas à produção ou circulação de bens e serviços podem abrir todos os dias durante o horário comercial (das 08h00 até 18h00). Já a comercialização de bebidas alcoólicas continua sendo permitida de segunda à quinta até às 23h00, e, nas sextas, sábados e domingos, até às 00h00.

Imagens: ASCOM/Goianésia