Um fato inusitado aconteceu em Jaraguá neste fim de semana. Um homem que não teve sua identidade revelada pediu para ter seu veículo apreendido. Ele disse aos policiais que estava revoltado com a vida devido a problemas pessoais.

Consta no Registro de Atendimento Integrado - RAI - que policiais militares estavam em uma averiguação no Setor Jardim Florena, quando um veículo Gol Power prata passou em alta velocidade pela viatura, o que gerou grande risco a pedestre e veículos.

O veículo suspeito seguiu em direção à Vila Isaura, assim, os policiais iniciaram patrulhamentos no intuito de localizá-lo. Em dado momento, o carro foi avistado na Rua 01, no Jardim Florena. Ao ser abordado, o condutor contou sua triste história aos policiais dizendo que estava revoltado com sua vida, devido a problemas com a esposa e que queria que seu veículo fosse “preso”.

Sem mais delongas, e atendendo ao desejo do suspeito, o veículo foi apreendido junto ao pátio da 3ª CIPM - Companhia Independente da Polícia Militar, até porque o cidadão não possuía CNH. Para piorar a situação do suspeito, foi lavrado em seu desfavor um Termo Circunstanciado de Ocorrência, o famoso TCO, e deverá se apresentar perante ao Juizado Especial Criminal. O homem ainda foi multado por “direção perigosa” e “falta de habilitação”.