A cidade Jaraguá vive dias difíceis e está chegando próximo ao caos, devido a propagação da segunda onda da Covid-19. Nesta segunda-feira, 01, por exemplo, uma longa fila com suspeitos da doença foi formada na Unidade Básica de Saúde do Bairro Boungaville.

Em entrevista à Folha de Jaraguá, o secretário voltou a pedir à população que colabore com as medidas sanitárias, enfatizando que “o final de semana ainda foi de aglomerações e festas. E nós teremos que reavaliar as medidas e os decretos. Amanhã (terça-feira, 02/02), teremos uma nova reunião do Comitê de Enfrentamento da Covid19, para deliberarmos sobre novas medidas que serão mais severas, na tentativa de conter essa situação”.

As circunstâncias em Jaraguá estão tomando proporções tão drásticas que os próprios comerciantes propuseram o fechamento dos comércios mais cedo. Ontem, o presidente da CDL, Marcos Bispo, e um grupo de empresários do ramo de bares, restaurantes e pizzaria propuseram ao prefeito Paulo Vitor, fechar seus estabelecimentos a partir de 18h00, como medida de colaboração para o enfrentamento da Covid-19.

Desta maneira, durante reunião do Comitê de enfrentamento a Covid-19 realizada na manhã desta terça-feira, 02, ficou definido que durante a semana todos os estabelecimentos comerciais deverão fechar às 18h00, e aos fins de semana, fecharão ao meio-dia. O delivery poderá funcionar normalmente.

Em entrevista coletiva, o prefeito Paulo Vitor enfatizou que a fiscalização será mais rígida, principalmente no sentido de detectar onde estão sendo realizadas festas clandestinas, inclusive, a cidade contará com um serviço de inteligência para tal ação. Outra medida a ser tomada é a reativação do disque denúncia.

A decisão valerá por sete dias sendo reavaliada posteriormente, se a curva de contágio aumentou ou diminuiu. O decreto será publicado ainda hoje.