Um homem de 26 anos foi preso pela Polícia Militar de Goianésia por ser suspeito de descumprir uma medida protetiva de urgências deferida em favor de sua ex-mulher. Não satisfeito ele ainda teria usado uma arma de fogo para ameaçá-la de morte.

Aos policiais a mulher explicou que havia terminado seu relacionamento com o suspeito há algum tempo, mas ele não aceitava. Ela informou também que já possuía registro contra o ex, além de possuir uma medida protetiva de urgência, mesmo assim, o homem teria voltado a ameaçá-la de morte.

Por incrível que pareça, a vítima relatou ainda que ao sair da delegacia na tentativa de formalizar mais uma queixa contra o suspeito, foi surpreendida por ele que estava seguindo-a em uma Biz branca. Em certo momento, o homem teria sacado uma arma de fogo e batido no vidro do seu carro afirmando que iria matá-la e que dessa semana não passaria.

De posse das características do suspeito, as viaturas da PM iniciaram patrulhamentos pela cidade no intuito de localizá-lo. Tempos depois, o Grupo de Patrulhamento Tático - GPT - o encontrou e o conduziu para a Delegacia de Polícia juntamente com a vítima.