Divulgação/PCNesta quinta-feira, 04, policiais civis da Delegacia de Barro Alto, com apoio da 15ª Delegacia Regional de Polícia de Goianésia, deram cumprimento a mandado de prisão expedido contra um indivíduo que figura como principal suspeito de cometido um estupro de vulnerável, contra uma criança de apenas quatro anos.

O crime teria ocorrido em julho do ano passado e chocou a população de Barro Alto. Após o crime, o suspeito fugiu e não foi encontrado pela polícia, porém, após meses de investigação ele foi capturado por agentes da Polícia Civil, no estado do Tocantins, em uma fazenda próxima a um assentamento, na cidade de Santa Fé do Araguaia. A operação contou com o apoio imprescindível das Delegacias de Polícia de Araguaína e Santa Fé do Araguaia.

O suspeito, que não teve sua identidade revelada, já foi recambiado para Goiás e se encontra à disposição do Poder Judiciário na Unidade Prisional de Goianésia.