A Prefeitura de Goianésia, através da SMT - Superintendência Municipal de Trânsito, em parceria com a Polícia Militar retomou a fiscalização dos estabelecimentos comerciais a fim de verificar o cumprimento do novo Decreto Municipal. Comerciantes e população estão sendo orientados e autuados conforme a necessidade.

É necessário que cada um de nós faça a sua parte, no entanto, muitos ainda tentam desrespeitar o novo decreto. Na madrugada deste domingo, 18, durante averiguações pela cidade, policiais militares em apoio a equipe do Departamento de Postura se depararam com um bar na Rua 22, Bairro Santa Luzia, região leste de Goianésia, em funcionamento fora do horário permitido pelo decreto.

Durante a averiguação no estabelecimento, um paulistano de 46 anos, com sinais de embriaguez e bastante alterado começou a questionar o serviço dos agentes. De acordo com a polícia, ele se levantou da mesa gritando e dizendo que ninguém teria o direito de fotografá-lo, então, ele foi informado que não havia sido fotografado, porém, ainda bastante alterado caminhou pra cima dos policiais, momento em que foi orientado a se afastar e colocar a máscara de proteção facial contra Covid, mas não atendeu o pedido.

Em seguida, o homem disse aos policiais que mora no estado de São Paulo e que não iria acatar decreto nenhum de Goiás, somente o de São Paulo, e começou a desacatar as equipes proferindo palavras de baixo calão e tentando humilhar os servidores do Departamento de Posturas. O paulistano disse ainda que era lutador de Muay Thai e sus “passagens” eram todas de bater em pessoas.

Dias das circunstâncias, ele recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Hospital Municipal Irmã Fanny Duran para relatório médico, local onde ele ainda voltou a proferir palavras de ameaça aos policiais dizendo que havia gravado os nomes dos militares e que a equipe iria ver com ele depois, pois os PM’s não sabiam com quem estavam mexendo, pois, apesar de morar em São Paulo tem amigo que é delegado em Goianésia. Segundo os policiais, o lutador ainda disse que Bolsonaro [Preside do Brasil] está certo e que a Covid-19 é apenas uma gripezinha.

Após relatório médico, o paulistano foi conduzido para Delegacia de Polícia para procedimentos de flagrante.

Previna-se. Use máscara, álcool em gel e respeite o distanciamento social