Durante patrulhamento pela região sul de Goianésia, policiais militares se depararam com um Celta vermelho com dois ocupantes em atitudes suspeitas na Rua 12 próximo, próximo a Rua 25 Sul, Setor Sul, até porque a placa do veículo pertencia a outro carro.

De imediato a dupla foi submetida a abordagem, seguido de busca pessoal, porém, nada foi encontrado com eles. Em seguida, os policiais realizaram consulta veicular e detectaram que a placa não pertencia ao Celta, percebendo então que havia uma placa colada com durex sobre a verdadeira.

Ao ser questionado, o condutor do veículo, um homem de 39 anos explicou que como estaria em viagem de São Paulo para Goianésia, onde os mesmos iriam trabalhar em uma construção, resolveu colocar a placa para não ser multado no trajeto, mas que o veículo não possuía irregularidades, mas durante busca veicular os militares encontraram três armas de fogo municiadas, além de munições extras.

De acordo com a polícia, foi encontrado dentro um revólver calibre 38 com seis munições intactas, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas, um revólver calibre com numeração raspada e com seis munições intactas, de oito munições intactas, calibre 38, que estavam dentro de uma meia. A polícia informou ainda que com eles também foram encontrados três aparelhos celulares.

A polícia quis saber o que a dupla estaria fazendo em Goianésia, e eles disseram que vieram trazer as armas de fogo para alguém, que não conhecia e que havia deixado o veículo no pátio de auto posto, na saída para Jaraguá na noite de sexta-feira, 30, para que alguém pegasse, porém, não apareceu ninguém. A dupla afirmou que não conhece e nem tem contato dessa pessoa que iria buscar as armas.

Após receberem voz de prisão, os suspeitos foram levados para a Delegacia de Polícia juntamente com os objetos apreendidos.